like
like
like
" Estava aqui no meu cantinho conversando com Deus e fomos além das palavras. Ele estava ao meu lado, pude sentir. Ele sempre está. Mas dessa vez foi algo diferente. Rimos tanto. Choramos tanto. Nos divertimos tanto. Ele me fazia rir dos meus antigos erros, e que agora me dão motivos para dar boas gargalhadas. Daquelas de doer a barriga e causar espanto em toda a casa. Ele me fez sentir bem. Sua presença aquece qualquer coração congelado. Ele também sorria. Acho que estava feliz. Ver sua garotinha crescer, sim, aquele bebê que Ele segurou no colo. Aquele bebê que chorou ao nascer. E que Ele chorou junto. E Ele ainda chora junto. Quando tudo se aperta e a lágrima cái, o maior desejo dEle é limpá-las. Acho que Ele também gosta do meu sorriso. Ele é o próprio motivo, tem o dom de me fazer sorrir. Quando tudo está difícil, peço colo e Ele me coloca pra dormir. Gosto de conversar com Ele. Gosto do modo de como às vezes Ele silencia. E logo penso: “Ele está trabalhando”. Gosto de senti-lo. Isso mais parece uma história de amor. Uma história de amor com o próprio amor. Sabe de uma coisa? Eu o amo. Eu o amo. E eu o amo. Gritaria à todas as nações se fosse possível. Eu amo esse Poeta. Eu amo esse Artista. Eu amo esse Autor. A madrugada pode ser silenciosa, mas não quando se tem alguém para dar boas gargalhadas. "
Evangelizar não vale a pena. VALE A VIDA!
" Pray hardest when it is hardest to pray. "